O Brasil é o país da casa própria, ou seja, o Governo Federal em parceria com diversas instituições financeiras, facilitaram a aquisição do imóvel próprio. Assim, fornecendo descontos, abatimento do valor total e a possibilidade de usar o FGTS, como parte do pagamento. Portanto, saiba como financiar um imóvel próprio!

Como financiar um Imóvel?

Como financiar um imóvel

Como financiar um imóvel?

Comprar um imóvel à vista, não é uma realidade fácil de se conseguir. Os valores de casas, apartamentos e terrenos no Brasil podem variar muito, mas geralmente ficam acima dos 150 mil reais.

Como financiar um imóvel? Quais são os requisitos?

Publicidade:

  • O indivíduo deve ser maior de 18 anos;
  • Não deve ter restrições de crédito (em órgãos como SPC e SERASA);
  • Ter uma renda mensal e os meios de comprová-la;
  • Escolher um imóvel novo ou usado;
  • Decidir se o financiamento será pago por uma única pessoa, ou será em conjunto (com o cônjuge, por exemplo);

Veja aqui como funciona o Cartão Construcard!

Cumpridas essas primeiras exigências, é hora de fazer uma simulação das parcelas do financiamento, que pode ser no próprio site da instituição financeira. Nele, é possível visualizar o valor das parcelas mensais a serem pagas, e a taxa de juros aplicada.

Logo após essa etapa, é preciso comparecer em um banco ou financeira. A fim de conferir se de fato o financiamento será aprovado.

Publicidade:

A instituição financeira irá solicitar a avaliação do imóvel que deseja adquirir para mensurar o seu valor em dinheiro, considerando as melhorias feitas no local, se a casa ou apartamento é novo ou usado. Esse processo pode demorar aproximadamente 15 dias.

O valor das parcelas a quem está financiando um imóvel não poderá ultrapassar 30% de sua renda mensal. Lembrando que existem outras despesas a serem pagas como: água, luz, telefone, aluguel, e etc. Essa parte é de extrema importância ao banco na hora de avaliar o crédito.

Dicas para acelerar a aprovação do financiamento de imóvel

  1. Separe todos os documentos pessoais e profissionais: a fim de facilitar a análise da documentação do cliente, é preciso que o cidadão reúna os documentos como, CPF, RG, comprovante de residência atual, comprovantes de renda (holerites, contracheques, declaração de imposto de renda, extratos bancários) e certidão de estado civil (casamento, união estável).
  2. Ter conta aberta no banco: aqueles que já possuem uma conta bancária na agência em que está solicitando o financiamento, poderá ter o crédito aprovado mais rapidamente.
  3. Considere unir duas rendas: arcar com as despesas mensais de um financiamento pode ser bem pesado a uma só pessoa. Considere unir duas rendas para pagar o financiamento, como por exemplo, quem é casado ou vive em União Estável.
  4. Avalie as suas despesas mensais fixas e variáveis: sabendo exatamente quanto você ganha e quais são as suas despesas, fica mais fácil ter controle sobre a vida financeira.

Cumprindo esses requisitos, será mais fácil ser aprovado em um financiamento de imóvel, e o sonho será realizado!

O que achou desta matéria?

Clique para avaliar!