O novo programa Casa Verde e Amarela já começou! Não fique de fora!

Quer conseguir o sua casa nova?? Então confira como agora!

Publicidade:

Entenda quem irá se beneficiar, o cadastro e quais são os recursos necessários do projeto Casa Verde Amarela.

Atualmente tornou-se inevitável perceber o número de pessoas em busca da sua casa própria. Pessoas essas talvez, nos contextos atuais, sem condições de comprar um imóvel.

Cada vez mais surgem novas imobiliárias e construtoras, mas isso não é garantia de toda a população ter condições de contratar os seus serviços.

Tendo isso em vista, há algum tempo o Governo Federal lançou o Casa Verde Amarela, um recurso de financiamento habitacional.

Este visa financiar a possibilidade de regularização fundiária e também a melhoria de imóveis já existentes. Continue acompanhando a leitura e saiba mais!

Solicite a sua Conta Poupança Santander!

Como vai funcionar?

O projeto Casa Verde Amarela, busca garantir recursos as famílias de financiar a compra da sua casa própria.

Publicidade:

Isso vai ocorrer por conta de uma redução nas taxas de juros, sendo a menor já aplicada a programas deste tipo.

O Governo Federal, irá disponibilizar neste novo programa, cerca de 25 bilhões de reais, permitindo acesso de um maior número de famílias ao projeto Casa Verde Amarela.

Além disso, o programa visa diminuir os valores bancários, o chamado spread (diferença entre o valor pago aos correntistas e o cobrado em operações de crédito), assim facilitando o acesso de mais famílias.

Publicidade:

Quem vai se beneficiar desse programa?

Quem mais se beneficiará no projeto Casa Verde Amarela serão as regiões Norte e Nordeste.

Pois terão uma redução nas taxas em até 0,5% as famílias cuja a renda é de até R$ 2.000,00 e 0,25 % as famílias cuja a renda é entre R$ 2.000,00 e R$ 2.600,00. Nessas regiões, os juros poderão chegar a 4,25% ao ano aos cotistas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e nas demais regiões, a 4,5%.

Além disso, segundo consta no site do Senado Federal, “O Casa Verde e Amarela alcança famílias cuja a renda mensal é de R$ 7.000,00, em áreas urbanas e renda anual de R$ 84.000,00 em áreas rurais.

O projeto divide o público-alvo em três faixas de R$ 2.000,00 mensais, de R$ 2.000,00 a R$ 4.000,00 e de R$ 4.000,00 a R$ 7.000,00.

Somente aqueles cuja a renda é de R$ 4.000,00 em área urbana ou anual de R$ 48.000,00 em área rural poderão contar com subvenção da União na adequação das parcelas do orçamento familiar.”

O projeto Casa Verde Amarela é uma excelente oportunidade de quem está buscando pela casa própria, continue acompanhando a leitura e saiba mais informações sobre o projeto.

Cadastro

O cadastro poderá ser feito de forma individual ou por construtoras, por meio Caixa Econômica Federal.

É necessário verificar se o seu estado e/ou município fizeram a adesão ao programa.

Em seguida é necessário fazer uma simulação no site da Caixa Econômica Federal para saber se está apto a participar do programa, quanto você poderá investir e em seguida entregar a documentação em alguma agência da CAIXA.

Após avaliar, se aprovado, serão apresentadas as condições de financiamento e posteriormente a assinatura do contrato.

Publicidade:

Registros e recursos

O projeto Casa Verde Amarela foi criado pelo Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR). 

Sendo assim, foi registrado na forma da Lei Nº 14.118, de 12 de Janeiro de 2021, validando o benefício.


O projeto Casa Verde Amarela veio sendo um acesso e qualidade de vida a quem busca realizar o seu sonho da casa própria.

Se acaso gostou desse artigo e quer ler mais conteúdos como estes, continue acompanhando o nosso blog.

Publicidade:

Calendário do Feirão da Caixa na sua cidade